Acompanhe nossas
Notícias

Quais as diferenças entre o policarbonato e o acrílico?

Quais as diferenças entre o policarbonato e o acrílico?

Policarbonato ou acrílico? Se você está em dúvida sobre qual dos dois materiais escolher para compor um projeto na sua indústria, podemos te ajudar.

Antes de encontrar a solução para o seu negócio é importante saber que alguns materiais se adequam melhor a um determinado uso do que outros. Neste post vamos abordar a diferença entre estes dois materiais para que você possa escolher a melhor opção para o projeto da sua indústria. Confira!

 

Características comuns

Tanto o policarbonato quanto o acrílico podem ser usados como substitutos para os vidros. Como exemplo, para um projeto de enclausuramento de máquina, é necessário o desenvolvimento de proteções de acordo com a categoria de segurança do trabalho, atendendo todas as normas regulamentadoras (NR-6, NR-10, NR-12, NR-17 e NR-26).

Isso porque o vidro não agrega segurança aos trabalhadores, podendo ser substituído por uma destas opções. Ambos podem ser usados para garantir a visibilidade para quem está do lado de fora da máquina, durante o seu funcionamento.

Esta é uma medida de controle preventivo para evitar acidentes e diminuir o nível de ruído, garantindo a segurança dos trabalhadores e evitando os acidentes com os equipamentos.

Em comum, o policarbonato e o acrílico têm algumas características: são materiais transparentes, com certa resistência e mais leves do que o vidro, mas riscam com facilidade. Outro ponto importante é que são menos duráveis quando aplicado solventes. No entanto, a composição de cada um deles é muito distinta.

 

Entenda melhor:

 

Policarbonato

Também conhecido como Lexan ou Makrolon, trata-se de um polímero feito a partir de uma reação química (fosgênio com bisfenol A) e da injeção de plástico quente em formas ou extrusão, através de um orifício para formar barras ou tubos.

Este material tem uma maior resistência ao impacto se comparado ao acrílico e é comumente usado para blindagem. Não é comum que o policarbonato lasque, por ser produzido em folhas flexíveis. No entanto, é preciso tomar cuidado com a sua limpeza, evitando solventes fortes.

 

Acrílico

É um tipo de plástico fabricado a partir de um monômero de metacrilato de metilo em pó ou de xarope. Sua formação ocorre a partir do aquecimento em folhas ou tubos, por meio de um catalisador de polimerização. Seu nome comercial é Lucite.

O acrílico é rígido e pode lascar, sendo menos resistente ao impacto. Para realizar a limpeza deste material, recomenda-se o uso de sabão neutro para evitar corrosão.

 

Aplicações dos materiais

Na indústria, o policarbonato é usado em projetos que requerem alta resistência ao impacto e muita durabilidade. Outra vantagem deste material é ter uma baixa inflamabilidade, o que garante maior segurança e menor riscos de acidentes em ambientes em que pode haver a propagação de fogo.

Já o acrílico é priorizado em projetos quando a transparência e rigidez são importantes, mas é desejável um material mais leve para compor uma peça.

Alguns fatores que você deve saber:

O que levar em conta?

Antes de decidir pelo material é preciso entender as necessidades do seu projeto. Enquanto o policarbonato é mais resistente e seguro em ambientes em que existe a possibilidade de propagação de chamas, o acrílico é mais leve e tem características que facilitam a visualização e a passagem de luz, além de ser mais barato.

Gostou das dicas? Então não deixe de conferir os próximos conteúdos!

compartilhe:
Acompanhe nossas mídias sociais
© SIEMBRA AUTOMAÇÃO 2017 - Todos os direitos reservados