Acompanhe nossas
Notícias

Automação industrial para melhoria contínua e redução de riscos

Automação industrial para melhoria contínua e redução de riscos

Muitas indústrias brasileiras vêm avançando no cenário da automação industrial a cada ano. De 2016 a 2018, o percentual das grandes empresas que utilizam pelo menos uma tecnologia digital, em especial, a automação digital com sensores para controle de processo, passou de 63% para 73%. Além disso, quase metade (48%) das empresas consultadas têm a intenção de investir em novas tecnologias nos próximos anos. Esses dados são da Confederação Nacional das Indústrias (CNI).

Para aproveitar este crescimento e o aumento das demandas, cada vez mais os sistemas de automação industrial buscam promover melhoria contínua dos produtos fabricados e a redução de riscos para os trabalhadores. A automação industrial possibilita o aumento da produtividade e a eficiência das plantas industriais e diminui as tarefas realizadas manualmente pelos operadores.

Porém, a maioria dos processos dessas indústrias é feito de forma manual e mesmo que as fábricas fossem completamente automatizadas, ainda haveria a necessidade de operações manuais. Mas o que isso quer dizer?

A realidade industrial do Brasil é de fábricas que ainda necessitam muito da mão de obra de trabalhadores nas plantas industriais. Ao mesmo tempo, é possível perceber a necessidade da automação de processos e também de treinamento dos operadores para se buscar a melhoria contínua e a redução de riscos com a automação industrial.

Assim, é fundamental entender como os equipamentos de automação e soluções em automação industrial garantem diversos benefícios para a indústria. Veja mais detalhes a seguir!

 

Riscos na indústria

Quanto mais automatizada for a sua planta industrial, menor intervenção humana será necessária na produção. Isso significa menos riscos de acidentes, além da redução de custos com afastamentos e indenizações. Isso porque, em toda planta onde há processos manuais sendo realizados, há a possibilidade de acidentes.

Por mais bem treinada que seja uma equipe, erros humanos acontecem por razões diversas. Ao direcionar as atividades industriais a uma célula robótica, a probabilidade da tarefa não ser feita como esperado é bem menor do que quando comparada a um trabalhador humano.

No entanto, a diminuição do trabalho manual na linha de produção não é o único ponto a ser observado para garantir a segurança nas plantas industriais. Para evitar acidentes é preciso que sejam seguidas uma série de recomendações, dentre elas:

  1. Seguir as Normas Regulamentadoras de segurança (NRs) para manter uma operação segura.

  2. Investir em ferramentas e procedimentos de automação industrial que melhorem a rotina dos trabalhadores.

  3. Treinar os trabalhadores envolvidos em cada uma das atividades industriais manuais.

Sobre este último tópico, é importante ressaltar que quando existem processos sendo realizados por operadores sem treinamento padronizado, torna-se bastante complicado garantir sua segurança, a eficiência do processo e a repetibilidade. Por outro lado, com a padronização de procedimentos, os operadores habilitados podem realizar o procedimento da maneira mais segura possível, testada e aprovada.

 

Melhoria com automação industrial

A máxima eficiência é o objetivo da automação industrial. E a qualidade é a preocupação constante em qualquer indústria. Com a redução de variabilidade das peças produzidas e, consequentemente, maior precisão na produção, ganha-se com a redução de recalls, descartes, produtividade e com a melhoria do produto final na percepção do cliente.

 

Conheça outras vantagens da automação industrial:

Maior volume produzido: com uma linha industrial automatizada, tem-se um maior volume produzido, com o menor tempo possível. Esta é uma das maiores vantagens da automação industrial.

Diminui o tempo de produção: com a automação é possível aumentar a eficiência de uma planta industrial, maximizando a produção com menor consumo de energia e matérias-primas. Isso porque as máquinas possuem alto grau de repetibilidade e diminuem consideravelmente os riscos, acelerando o tempo de produção.

Reduz custos de produção: ocorre pelo aumento da produção e a diminuição de erros. Isso porque as tarefas desempenhadas por máquinas são mais precisas e estão menos sujeitas a desvios do padrão.

Diminui custos com mão de obra: automatizar os processos de produção ajuda a reduzir a folha de pagamento e diminuir a necessidade de manter um grande número de operadores.

Flexibiliza a linha de produção: com uma linha de montagem rápida e reprogramável, é possível realizar a produção just-in-time, ou seja, quando houver encomendas.

Possibilita medir e controlar processos: a planta automatizada conta com diversos sensores e controladores, o que permite que as informações sejam gerenciadas de forma mais fácil e com informações em tempo real.

Opera 24 horas: enquanto os trabalhadores precisam ser substituídos a cada turno de trabalho, os equipamentos automatizados são feitos para operar 24 horas por dia, sempre com a mesma performance e repetibilidade.

Cria oportunidades de emprego melhores: a automação industrial estimula a profissionalização da mão de obra, com demanda cada vez maior por profissionais de robótica, produção industrial automatizada, técnicos em eletrônica e em mecânica, engenheiros mecatrônicos, etc.

 

Quer saber quais os níveis que regem o modelo de automação industrial? Não deixe de ler o nosso post sobre a pirâmide da automação industrial!

 

compartilhe:
Acompanhe nossas mídias sociais
© SIEMBRA AUTOMAÇÃO 2017 - Todos os direitos reservados