Acompanhe nossas
Notícias

Evolução tecnológica: qual a maior dificuldade da indústria brasileira?

Evolução tecnológica: qual a maior dificuldade da indústria brasileira?

Sem dúvidas, a evolução tecnológica promovida pela nova era digital terá cada vez mais peso no desenvolvimento industrial, no mercado e na vida do consumidor brasileiro. Nos últimos anos, houve um aumento significativo no número de indústrias brasileiras que utilizam tecnologias digitais, segundo a Confederação Nacional das Indústrias (CNI).

Para se ter uma ideia, de 2016 a 2018, o percentual das grandes empresas que usam pelo menos uma das tecnologias de automação industrial passou de 63% para 73%. Isso mostra que houve um aumento no investimento na Indústria 4.0. Mas será o suficiente para a competitividade do Brasil no exterior?

O desenvolvimento da Indústria 4.0 no Brasil envolve diversos desafios que vão desde os investimentos novas tecnologias, em equipamentos que incorporem essas tecnologias, à adaptação de processos e das formas de relacionamento entre empresas ao longo da cadeia produtiva.

Assim, a implementação das tecnologias da Indústria 4.0 é fundamental para a competitividade das empresas brasileiras e para a maior integração do país ao mercado global. Para que você entenda melhor quais são os desafios da indústria no Brasil e os impactos causados por essa recente Revolução Industrial, destacamos alguns pontos de atenção. Leia a seguir!

 

Heterogeneidade da indústria no Brasil

Poucas empresas estão preparadas para enfrentar as mudanças promovidas pela nova Revolução Industrial de uma vez. As indústrias que pretendem prosperar em um mercado cada vez mais digital e globalizado precisam focar em sair da rotina, crescer e inovar. Mesmo as indústrias de grande porte estão em busca de se reinventar, otimizar processos produtivos e modernizar seu modelo de gestão.

Mas por onde devem começar? Este é um dos principais desafios no Brasil, mesmo porque as empresas não possuem a mesma maturidade, capacidade de inovação e recursos para investir em automação industrial.

Nesse sentido, são necessárias iniciativas públicas e privadas a fim de promover o desenvolvimento da Indústria 4.0 no Brasil, estimulando as indústrias de pequeno e médio porte a serem inseridas nessa “onda tecnológica", sob risco de não conseguirem sobreviver no novo ambiente competitivo.

 

Investimentos em tecnologias da Indústria 4.0

A velocidade com que ocorre o avanço das inovações tecnológicas compõe um dos maiores desafios da Indústria 4.0. Alguns especialistas acreditam que o Estado deve ser o responsável por uma política industrial que seja capaz de promover a transformação industrial brasileira. Outros acreditam que a mudança pode ser mais viável por meio de parcerias público-privadas.

Seja qual for o caminho, é fato que a indústria nacional precisa de investimentos para que as empresas possam não apenas acompanhar os avanços tecnológicos, mas também, para que sejam produtoras de tecnologia.

 

Força de trabalho bem treinada

Para que a indústria brasileira acompanhe a evolução tecnológica mundial, é necessário um grande investimento em capacitação profissional. Isso porque a Indústria 4.0 traz posições de trabalho que demandam novas habilidades dos profissionais.

Nesse sentido, a educação é o ponto-chave, uma vez que serão necessários investimentos na formação de profissionais qualificados. O mercado brasileiro é carente de mão de obra técnica e somente a capacitação dos trabalhadores poderá garantir o preenchimento de novas vagas de emprego.

 

Capacidade da indústria brasileira de competir internacionalmente

O Brasil ainda caminha a passos lentos nos quesitos investimento em tecnologias digitais e automação industrial, se comparado a outros países. De acordo com o CNI, somente 9% das empresas brasileiras fazem uso de Big Data e Inteligência Artificial, enquanto muitas indústrias globais garantem altos investimentos neste setor. O país ocupou ainda a 64ª posição no Índice Global de Inovação de 2018, em um ranking de 126 países.

Assim, muita coisa precisa mudar. É somente a partir dos investimentos em tecnologias e no aprimoramento na força de trabalho que as indústrias brasileiras poderão acompanhar as mudanças da 4a Revolução Industrial.

Não deixe de ler o nosso conteúdo sobre os pilares da indústria 4.0!

compartilhe:
Acompanhe nossas mídias sociais
© SIEMBRA AUTOMAÇÃO 2017 - Todos os direitos reservados